Cuidado com golpes e fraudes! A Zema Financeira nunca solicita depósitos adiantados ou pagamentos por transferência bancária.
Não cobramos tarifas através de depósitos, nem antecipadamente nem após a contratação do empréstimo. Clique aqui para mais informações.
Skip Navigation LinksPágina inicial>Blog>5 dicas de educação financeira para crianças
Novidades

5 dicas de educação financeira para crianças

Infelizmente há muitos adultos que ainda hoje são bastante desligados quando o assunto é educação financeira, que não sabem como controlar seus gastos e entram em dívidas que seriam desnecessárias, caso houvesse um pouco mais de conhecimento...

Infelizmente há muitos adultos que ainda hoje são bastante desligados quando o assunto é educação financeira, que não sabem como controlar seus gastos e entram em dívidas que seriam desnecessárias, caso houvesse um pouco mais de conhecimento. Muitos dos erros cometidos são primários, erros básicos que com um pouquinho de leitura já seriam suficientes para evitar entrar em roubadas. Não seria ótimo aprender estes conceitos básicos ainda na infância e adolescência? 

 

Inserir a educação financeira ainda na infância faz com que, ao chegar à adolescência, lidar com dinheiro não seja novidade. Entender quanto se recebe e como fazer para que o dinheiro dure todo o mês é muito importante para que o adolescente se torne um adulto responsável. 

 

Confira 5 dicas para trabalhar a educação financeira com crianças! 

 

1- Defina um valor de mesada 

 

Mesada ainda é uma ótima forma de trabalhar a educação financeira infantil. Por volta dos 6 anos de idade a criança já começa a entender a relação do dinheiro com a vida em sociedade, começa a fazer perguntas e este pode ser um momento ideal para começar os ensinamentos. Explique que aquele valor deve durar o mês inteiro e, se acabar antes do prazo estipulado, vai faltar. E, importante, fique atento a todos os gastos e dê conselhos, explicando sobre quanto cada compra representa no montante mensal, se a compra irá atrapalhar a renda, etc. 

 

2- Ensine a poupar, usando cofrinhos 

  

Explique que é importante guardar um dinheiro todo mês, seja para imprevistos futuros (situações inesperadas como sair com um coleguinha para ir ao clube, shopping, cinema ou a um fast food), seja para realizar sonhos (comprar um brinquedo recém-lançado, ir a um show/espetáculo ou a um parque itinerante), para gastar nas viagens com os pais ou outros desejos. Mostre que, após colocar o dinheiro no cofrinho, este só poderá ser aberto quando estiver cheio, provando a importância de ser paciente e não usar o dinheiro economizado antes da hora. 

 

3 – Registre os gastos 

 

Assim como devemos fazer até hoje, é muito importante registrar todos os gastos. Pegue um caderno e ensine a criar o hábito de escrever ali tudo o que comprou, desde uma bala até uma roupa, ou os gastos no parque de diversões. Este simples exercício é suficiente para compreender para onde o dinheiro está indo e com o que está sendo gasto, para fazer ajustes caso seja necessário. 

 

4 – Não se pode ter tudo 

 

Com certeza as crianças irão desejar fazer um passeio mais caro ou comprar um brinquedo que está além do valor da sua mesada. É um excelente momento para mostrar o valor das coisas, que existem brinquedos que têm um preço razoável e outros que são muito mais caros. Mostre quantos meses a criança precisaria juntar para conseguir comprar o brinquedo desejado e faça comparações. Por exemplo, quantos carrinhos dariam para comprar com aquele mesmo valor? 

 

5 – Mostre os gastos da casa 

 

Você não vai dividir a conta de água e de luz com seus filhos, mas é importante que eles saibam que absolutamente tudo tem um preço. A água que sai da torneira, a luz acesa, a comida, roupas e tudo dentro de uma casa foram comprados, e custam caro. Ativar esta percepção faz com que a criança aprenda não só sobre finanças, mas também tenha consciência ambiental. 

 

Não é necessário ser um grande conhecedor de economia para ensinar aos filhos. Dicas simples como estas são suficientes para fazê-los compreender o valor do dinheiro e, assim, crescerem sendo adolescentes e adultos responsáveis com seus gastos. Temos um vasto material com dicas sobre finanças em nosso blog, para que você também aprenda mais!  

 

E você já sabe, quando precisar de uma ajuda para tirar os seus sonhos do papel, conte com a Zema Financeira, clicando aqui! 


Quer fazer um empréstimo online? Mulher Sorrindo com o celular na mão Simule gratuitamente